sábado, 31 de julho de 2010

Estação científica da Ilha de Trindade está pronta


Grupos de pesquisa contemplados no edital Pró-Arquipélagos deverão embarcar ainda este ano, segundo o secretário da Comissão Interministerial para os Recursos do Mar (Cirm), contra-almirante Marcos José de Carvalho Ferreira





A Estação Científica da Ilha de Trindade (Ecit) foi instalada neste mês (julho) e deverá começar a receber pesquisadores ainda este ano. Segundo o contra-almirante Ferreira, faltam apenas algumas obras no entorno e melhorar a regularidade do transporte para a ilha, localizada a 620 milhas náuticas (cerca de mil quilômetros) de Vitória (ES). A estação tem capacidade para até oito pesquisadores por mês.

HISTÓRIA -O PAPEL DA ESQUERDA NA QUESTÃO AMBIENTAL

Pensamento de esquerda introduziu

 problemática ambiental
por Carolina Octaviano/Comciencia.br








"O papel dos diversos movimentos da contracultura é fundamental e fundador do ambientalismo, na medida em que permitiu formular uma crítica, abrangente e pioneira, da sociedade e da cultura ocidentais", afirma Gustavo Costa Lima, doutor em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), especialista em Sociologia Ambiental e professor da Universidade Federal da Paraíba. Somente a partir da segunda Guerra Mundial é que se estabelece a questão ambiental contemporânea, tendo uma contribuição bastante significativa dos inúmeros grupos que compunham o movimento da contracultura.

sexta-feira, 30 de julho de 2010

CONTAMINAÇÃO AMBIENTAL

Técnicas de análises modernas revelam a presença de novos contaminantes ambientaishttp://4.bp.blogspot.com/_UlmVskyuQVw/TAFe5l6SXcI/AAAAAAAAAZo/8UKxL9ybvM8/s1600/quimica.bmp
Graças ao desenvolvimento de novas técnicas de análises químicas e biológicas, um mundo pouco conhecido de contaminantes ambientais, alguns deles comprovadamente prejudiciais a seres vivos, está sendo revelado. São substâncias oriundas de produtos de higiene pessoal e cosméticos, fármacos, praguicidas e nanomateriais, por exemplo. 

Para a bióloga e especialista em toxicologia, Gisela de Aragão Umbuzeiro, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), ainda é cedo, no entanto, para dizer se esses compostos podem causar problemas ao homem. Ela falou sobre o tema em sua conferência Contaminantes emergentes para a zona costeira, proferida hoje (29/7), na 62ª Reunião Anual da SBPC, que se realiza até amanhã, em Natal.

BALEIAS FRANCA SÃO MONITORADAS NO SUL

Primeiro sobrevoo da temporada localiza 37 baleias franca no Litoral SuL

A Baleia Franca é uma das espécies de cetáceos mais ameaçadas de extinção no planeta.

Equipe registrou cetáceos entre Torres (RS) e Praia da Pinheira, na Grande Florianópolis


Localização da Área de Proteção Ambiental da Baleia Franca. Fonte: Projeto Baleia Franca, 2009.
Localização da Área de Proteção Ambiental da Baleia Franca. Fonte: Projeto Baleia Franca, 2009.




O primeiro sobrevoo de monitoramento das baleias franca no litoral catarinense foi nesta quinta-feira e registrou 37 animais, sendo 13 pares de fêmeas com filhotes, entre Torres (RS) e a Praia da Pinheira, na Grande Florianópolis.

quinta-feira, 29 de julho de 2010

SBPC - APRESENTADA NOVA TECNOLOGIA

Gerador desenvolvido no Brasil produz energia elétrica e torna a água do mar potável
http://www.servicos.sbpcnet.org.br/sbpc/59ra/senior/livroeletronico/imagens/logo_sbpc_azul.jpg
Apesar de já terem acesso a alguns tipos de combustíveis limpos, como o gás natural e o etanol, diversas localidades no nordeste ainda padecem da falta de energia elétrica e de água potável. Uma tecnologia desenvolvida pela Vale Soluções e Energia (VSE) promete solucionar esses dois problemas sociais por meio de um gerador que produz energia elétrica suficiente para abastecer mais de mil casas e transforma qualquer tipo de água, como a do mar e de açudes, em água potável.

LITORAL PAULISTA

Mais 40 animais são encontrados mortos em estado avançado de decomposição


Carolina Iglesias/tribuna.com.br




Mais 39 pinguins e uma tartaruga foram encontrados mortos nas praias da região nesta quarta-feira. A maioria dos animais estava em avançado estado de decomposição. Apenas uma tartaruga estava viva. 

quarta-feira, 28 de julho de 2010

AQUECIMENTO GLOBAL

Aquecimento das águas é uma das causas de doenças em corais da costa brasileira
http://www.costadasbaleiasabrolhos.com.br/portal/imagens/abrolhos.jpg      



O aumento da temperatura da água do mar é apontado como um dos causadores do branqueamento e surgimento de doenças em espécies de corais na costa brasileira. Segundo o pesquisador do Instituto de Geociências da Universidade Federal da Bahia (Ufba) Ruy Kikuchi, integrante de grupo de pesquisa Recifes Globais e Mudanças Globais, as primeiras colônias de corais branqueadas – perda da coloração por morte ou perda das algas – relacionadas aquecimento dos oceanos foram registradas na década de 90.

GUARANÁ É OBJETO DE PESQUISA

Pesquisadores buscam melhoramento do guaranazeiro



Fruto do guaraná selvagem
Crédito: Francisco André Ossamu Tanaka


ESALQ

O Guaranazeiro é uma cultura vegetal amazônica de grande valor econômico e, exceto pequenas áreas plantadas na Amazônia peruana e venezuelana, o Brasil é o único produtor de guaraná em escala comercial no mundo. O emprego do fruto nas indústrias de alimentos, farmacêutica e cosmética é significativo, sendo utilizado como matéria-prima na produção de refrigerantes, xaropes, sucos, pó estimulante, pastas de dente, sabonetes e xampus e em cosméticos direcionados ao tratamento de pele oleosa e celulite. Além disso, o guaraná apresenta caráter diurético e ação tônica cardiovascular.




Pomar de guaranazeiros: cultura e comercialização do fruto movimenta mais de 3 mil pequenos produtores só na região de Maués (AM)
Crédito: Francisco André Ossamu Tanaka

ACIDENTES COM SERPENTES MATAM MAIS QUE DENGUE

 http://www.servicos.sbpcnet.org.br/sbpc/59ra/senior/livroeletronico/imagens/logo_sbpc_azul.jpghttp://ecoviagem.uol.com.br/fique-por-dentro/noticias/ambiente/nossa-fauna/instituto-butantan-apresenta-rica-fauna-de-serpentes-em-cerrado-paulista-7937/centro-39048.jpg
imagem- Instituto Butantã

Todos os anos, cerca de 2,5 milhões de pessoas são picadas por cobras no mundo, das quais de 85 mil morrem (4,4 vezes mais do que as 19 mil mortes causadas pela dengue) e 250 mil ficam com sequelas.

 Por causa disso, a Organização Mundial da Saúde (OMS) incluiu, no ano passado, os acidentes com serpente na lista de Doenças Tropicais Negligenciadas (DTN), da qual fazem parte outras 14 enfermidades. 

terça-feira, 27 de julho de 2010

BOA INICIATIVA

VESTIBULAR ECOLÓGICO

Universidade ajuda a reflorestar Reserva do Tinguá e Parque da Bocaina

Universidade Veiga de Almeida (Cabo Frio, Tijuca e Barra)


Luiz Urjais, Jornal do Brasil


O vestibular ganhou um viés ecológico no Rio. A ação Consciência Verde, da Universidade Veiga de Almeida, oferece a isenção da taxa de inscrição aos candidatos que optarem por plantar sementes de espécies da Mata Atlântica na região entre a Reserva Biológica do Tinguá e o Parque Nacional da Serra da Bocaina.

USO DE BACTÉRIAS NA EXTRAÇÃO DE MINÉRIOS



Uso de bactérias na extração de minérios reduz o impacto ambiental, aponta estudo de Araraquara

Para pesquisadora do Instituto de Química, técnica também é mais eficaz do que o processo tradicional


Colônias de bactérias cultivadas em 'lama' e 'escória' de cobre, cobalto e níquel














A química Nury Alexandra Muñoz Blandon realizou um estudo em que usa bactérias para extrair níquel, cobre e cobalto de rejeitos industriais. A pesquisa resultou em uma tese de doutorado do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia, defendida no dia 15 de julho, no Instituto de Química (IQ), câmpus de Araraquara. A cientista compara o uso exclusivo de ácido sulfúrico com a associação do ácido a microorganismos e verifica vantagens econômicas e ecológicas no segundo método.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

BANGLADESH PROÍBE SACOLAS PLÁSTICAS



Bangladesh bane saco plástico e vende tecnologia verde
http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/6/62/Dhaka-Bangladesh.jpg


Uma cidade com 13,5 milhões de pessoas, quase sem transporte público, onde o esgoto corre a céu aberto e o trânsito para com a chuva.

Vítima constante de tufões e de enchentes, Dacca, a capital do Bangladesh, poderia ser a cidade mais poluída do mundo, mas dá exemplo de baixa emissão de carbono, consumo responsável e tecnologia sustentável.

TARTARUGAS VÍTIMAS DO ÓLEO NO GOLFO

Biólogos liberam tartarugas recém-nascidas no Golfo do México, apesar do óleo
http://www.infoaqua.com.br/revista/img/edicao03/Chelonia%20mydas.jpg

Os filhotes foram soltos em uma área que não foi afetada de forma significativa pelo vazamento de petróleo


do Ultimo Segundo/EFE

Biólogos do Governo americano liberaram milhares de tartarugas no lado oeste do Golfo do México, cujas águas estão poluídas pelo vazamento de petróleo da BP, com a esperança de que elas sobrevivam ao chegarem na parte leste.

MOVIMENTO LANÇA VÍDEOS SOBRE XINGU

MAB lança vídeos sobre a resistência dos povos do Xingu
http://4.bp.blogspot.com/_x1bC_E6Jgtg/S4RNXJOJhFI/AAAAAAAADko/o7SrhAGhjNU/s400/crian%C3%A7as+belo+monte.jpg

O Movimento dos Atingidos por Barragens historicamente tem resistido contra a construção de barragens e lutado pela garantia dos direitos dos atingidos. Com a ameaça de Belo Monte, mais uma vez se faz necessário e urgente denunciar que a água e a energia não são mercadorias e que a vida do povo e do meio ambiente deve ser respeitada.

Neste sentido, produzimos o vídeo que retrata a luta e a resistência dos povos do Xingu contra Belo Monte. O vídeo foi dirigido e editado pelo cineasta italiano Andrea Rossi, diretor do filme "O Chamado do Madeira". Confira o vídeo nos links abaixo:







do CIMI

PLÁSTICOS UM PROBLEMA AMBIENTAL

Uma solução para substituir o plástico das embalagens de frutas
http://maffasioli.com.br/img/frutas/caqui.jpg
Caquis embalados com filmes biodegradáveis não
  apresentaram proliferação de fungos ou de bactérias

           

FAPERJ



O Brasil é o terceiro maior produtor mundial de frutas, com cerca de 41,2 milhões de toneladas anuais. A informação é da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO, da sigla em inglês). Porém, sua conservação e o lixo gerado pelos plásticos utilizados em embalagens de frutos inteiros, ou mesmo pré-cortados, vêm gerando um sério problema ao meio ambiente.

domingo, 25 de julho de 2010

MANGUES

Pesquisas avaliam a dinâmica e a ocupação dos mangues brasileiros

Ilha de Algodoal  -  Área de Proteção Ambiental de Algodoal Maiandeua


do MCT

Avaliar o espaço ocupado pelos mangues brasileiros, a dinâmica desses ecossistemas e a sua relação com as mudanças climáticas. Esse é o foco dos estudos realizados pelo grupo de pesquisa coordenado pela pesquisadora Yara Schaeffer Novelli, do Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo (USP).

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

Desenvolvimento sustentável nas montanhas brasileiras é tema de evento no RJ

Workshop sobre desenvolvimento sustentável em ambientes de montanhas acontece de 27 a 28 de julho em Nova Friburgo

 Portal Brasil


A Embrapa Agrobiologia realiza, de 27 a 28 de julho, o 1º Workshop sobre desenvolvimento sustentável em ambientes de montanhas, em Nova Friburgo, região serrana do Rio de Janeiro. O objetivo do encontro é discutir a elaboração de um documento com as demandas de pesquisa relacionadas aos ambientes de montanhas e principais diretrizes para o estabelecimento de ações em rede, em parceria com instituições de pesquisa e ensino do Rio de Janeiro.

sábado, 24 de julho de 2010

TRILHAS E AVENTURA NOS CAMINHOS DE MINAS


Trilhas e 'circuito aventura' são atrações das férias da Estação Ecológica da UFMG



estacao ecologia.jpg
Travessia pela ponte de cordas ajuda a entender papel dos ecossistemas úmidos
 (estação Ecológica)



Com o apoio da Pró-reitoria de Extensão e parcerias realizadas com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Secretaria Municipal de Educação, a Estação Ecológica da UFMG colocará à disposição da comunidade belohorizontina mais uma opção mais uma opção de lazer contemplativo, práticas esportivas na natureza e atividades relacionadas à educação ambiental: O PROJETO FÉRIAS NA ESTAÇÃO.

DESCONFORTO QUE NÃO SE SENTE

http://idasevindas.files.wordpress.com/2007/05/img_0645.jpg
Pesquisa indica que usuários de praças e parques se sentem confortáveis, mesmo quando os índices medidos mostram grande desconforto térmico


Por Alex Sander Alcântara/FAPESP


Algumas características ambientais de praças e parques, como temperatura, umidade relativa do ar, radiação solar, presença e localização de equipamentos, podem influenciar a utilização desses espaços públicos abertos.
Uma pesquisa realizada na Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e na Universidade Estadual Paulista (Unesp) caracterizou os microclimas e as condições de conforto térmico em espaços públicos de permanência (arborizados e áridos) e de passagem em três cidades do interior paulista: Campinas, Bauru e Presidente Prudente.

sexta-feira, 23 de julho de 2010

JATROPHA - ALTERNATIVA NA PRODUÇÃO DE COMBUSTÍVEIS?

FAO defende cultivo de planta selvagem para fabricação de combustível
http://www.agricultureinformation.com/mag/wp-content/uploads/2008/12/jatropha-oil-seeds.jpg

ROMA/AFP

 O desenvolvimento do cultivo da jatropha, uma planta selvagem originária da América Latina, poderá permitir a produção de combustível nas regiões semi-áridas dos países em desenvolvimento, considerou nesta quinta-feira a Organização da ONU para a Alimentação e a Agricultura (FAO).

AMAZÔNIA

Variação de fluxo de calor no Amazonas pode chegar a 10°C

http://0.tqn.com/d/cruises/1/0/Q/3/2/manaus009.jpg
O levantamento foi feito nos municípios de Manaus e Presidente Figueiredo


Estudos sobre as variações do fluxo de calor na superfície do Amazonas demonstraram que há uma oscilação diurna de 2°C em local com cobertura vegetal e de 10°C em local sem cobertura vegetal. O levantamento foi feito nos municípios de Manaus e Presidente Figueiredo, especificamente na região de Balbina. Isto significa que a proteção vegetal pode influenciar na sensação térmica (calor) ao longo do dia e prejudicar o cultivo de determinadas lavouras.

DADOS DO BIOMA PAMPA SÃO MONITORADOS

Supressão da vegetação nativa do Pampa tem dados consolidados
http://cmmcturismo.files.wordpress.com/2009/04/834052bage___fazenda_limoeiro_turismo_384_577.jpg



 Entre 2002 e 2008, foram perdidos 36.400 hectares anuais de área original no bioma. Ministra do Meio Ambiente diz que pela primeira vez há um quadro geral sobre os biomas do País.


Cristina Ávila


A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, anunciou hoje os dados sobre a supressão da vegetação nativa do bioma Pampa - que foram pela primeira vez consolidados - e sobre o desmatamento na Amazônia, que entre agosto de 2009 e maio de 2010 foi 47% menor do que o mesmo período entre 2008 e 2009. O recorde é ainda maior do que a redução de 42% registrados pelos satélites do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) no ano passado.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

NOVAS ESPÉCIES DE INSETOS ENCONTRADAS NA AMAZÔNIA

Cientistas descobrem novas espécies de insetos no Amazonas
Técnica de coleta de borboletas (Foto: Divulgação)
Um grupo de cientistas identificou mais de 50 espécies novas de insetos no Amazonas. A coleta dessas espécies ocorreu durante trabalho de campo do projeto "Amazonas: diversidade de insetos ao longo de suas fronteiras", realizado durante 21 dias do mês de junho, nos rios Padauari, Aracá e Demini, localizados à margem esquerda do rio Negro.

O projeto tem o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (FAPEAM), por meio do Programa de Apoio a Núcleos de Excelência Pronex-Fapeam-CNPq. "Esse projeto vai permitir ampliar o conhecimento científico sobre a diversidade dos insetos da Amazônia", destacou o coordenador da pesquisa José Albertino Rafael.

BALEIAS-PILOTO SEM PROTEÇÃO

Ilhas Feroe: Operação secreta da Sea Shepherd expõe massacre em massa de cetáceos

http://4.bp.blogspot.com/_GNFn9174jlo/StJkGOkDj8I/AAAAAAAABGA/aCsutAByVOw/s400/baleia_piloto.jpg

No dia 19 de Julho de 2010 um grupo de 236 baleias-piloto foram assassinadas sem piedade na cidade de Klaksvik, nas Ilhas Feroe, uma nação constituinte do Reino da Dinamarca. A Sea Shepherd conseguiu documentar o massacre através dos esforços de um ativista que viveu entre os moradores locais disfarçado para conseguir as imagens do massacre, chamado pelos locais de "a trituração", que envolve encurralar grupos de cetáceos em uma enseada e cortar a coluna vertebral dos animais com uma faca.

SACOLAS PLASTICAS UM MAL NECESSÁRIO?

CAMPANHA INCENTIVA REDUÇÃO NO USO DE SACOLAS PLÁSTICAS
http://pucf5.files.wordpress.com/2009/09/sacolas1.jpg



Quinhentos milhões de sacolas plásticas são consumidas por ano no Brasil, menos de 1% é reciclada. Para mudar essa realidade, o Estado do Rio de Janeiro está desenvolvendo ações para incentivar a mudança de hábito dos cidadãos fluminenses. O processo para criar consumidores conscientes, que ajudem a evitar os problemas causados pelo consumo desenfreado de bolsas plásticas, começa em supermercados e estabelecimentos comerciais e termina na casa do comprador. Os resultados são positivos: desde o ano passado, mais de 600 milhões de sacos plásticos deixaram ser despejados em rios e lixões no Rio. 

quarta-feira, 21 de julho de 2010

URSOS POLARES PODEM DESAPARECER EM 10 ANOS

Maior predador ártico poderá desaparecer de Hudson Bay em 10 anos
Derretimento de gelo marinho prejudica caça e mantém urso polar muito tempo em terra
http://vidadeestagiaria.files.wordpress.com/2008/07/urso_polar_iglu.jpg
por John Platt/Scientific American Brasil
Hudson Bay, no Canadá, pode perder a  sua população de ursos polares (Ursus maritimus) em menos de uma década, de acordo com uma pesquisa realizada pelo biólogo Andrew Derocher, da University of Alberta (UA). 


Derocher diz que os ursos polares no oeste de Hudson Bay perderam 25% da sua população nas últimas três décadas. Durante esse tempo, a média do peso corporal dos animais caiu em 27 kg e as fêmeas perderam 10% do comprimento do corpo. 

RIO - FÉRIAS NO MUSEU DA VIDA

Muita diversão na programação de férias do Museu da Vida
http://www.olharvital.ufrj.br/2006/imagens/edicoes/159/agenda_MuseuVida.jpgAs férias chegaram e diversão é a bola da vez. Dentro desse espírito, o Museu da Vida preparou uma programação especial para o mês de julho, com muita ação e atividades interativas para todas as idades.http://www.blogtok.com/paginas/25470/imagens/Imag.076.jpg
PAINEL DE EVENTOS

AGROTÓXICOS

Saúde alerta para os efeitos dos agrotóxicos no Brasil
Proteção para quem?
Saúde se preocupa com efeitos dos agrotóxicos no Brasil, o maior consumidor dessas substâncias no mundo



O Brasil é o maior consumidor de agrotóxicos do mundo. Somente no ano passado, foram vendidas 725,6 mil toneladas dessas substâncias no país, movimentando US$ 6,62 bilhões, segundo o Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Agrícola (Sindag). 

Em 1987, o consumo não ultrapassava as 100 mil toneladas, como mostrava reportagem da revista Tema, que era editada pelo programa Radis da Fiocruz. Considerado o motor do agronegócio brasileiro, o agrotóxico impacta os ecossistemas e a saúde da população, concordam pesquisadores da Saúde — que se envolvem cada vez mais com esta e outras questões do meio ambiente.

 O relatório da 8ª Conferência Nacional de Saúde já previa a interseção: "A saúde é resultante das condições de alimentação, habitação, educação, renda, meio ambiente, trabalho, transporte, emprego, lazer, liberdade, acesso e posse da terra e acesso a serviços de saúde". Noção que foi contemplada na Constituição Federal de 1988.

terça-feira, 20 de julho de 2010

POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA E VEGETAÇÃO


Pesquisa observou interação da vegetação arbórea e a poluição atmosférica na cidade de São Paulo


http://www9.prefeitura.sp.gov.br/sitesvma/upload//parque_ibirapuera2_1214826761.jpg

Estudo conduzido no Parque Ibirapuera mostrou que é possível utilizar folhas de árvores como bioacumuladores de poluentes

da ESALQ


A compreensão de como a floresta urbana interage com a poluição atmosférica é importante tanto para o planejamento urbano quanto para a saúde pública. A floresta urbana é capaz de reter e absorver os poluentes atmosféricos além de poder ser utilizada como biomonitor de baixo custo em localizações privilegiadas.

 O Parque Ibirapuera, localizado em uma região central da cidade de São Paulo, tem uma floresta urbana heterogênea e dentro dele existem as principais árvores encontradas nas ruas da cidade. Esse aspecto facilitou e motivou a engenheira agrônoma Tiana Carla Lopes Moreira a conduzir, no Programa de Pós Graduação em Recursos Florestais, da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (USP/ESALQ), um estudo da interação dessas árvores com a poluição atmosférica.

POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS

Municípios se preparam para eliminar lixões

http://ondas2.blogs.sapo.pt/arquivo/P1010323%20copy.jpg


Cristina Ávila e Rosamaria Vitoria/MMA

A Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), que deve ser sancionada no próximo dia 2 pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, determina a eliminação dos lixões em quatro anos no Brasil. Para cumprir a lei, prefeitos de 14 municípios que lideram cidades das regiões Sul, Sudeste e  Nordeste estiveram nesta segunda-feira (19/7) com o secretário de Recursos Hídricos e Ambiente Urbano, Silvano Silvério. Eles vieram prestar contas de convênios que têm com o Ministério do Meio Ambiente para a construção de ações compartilhadas para a gestão conjunta do lixo.

RESÍDUOS SÓLIDOS

Projeto propõe gerenciamento integrado de resíduos em universidade
http://www.kalipedia.com/kalipediamedia/cienciasnaturales/media/200709/24/fisicayquimica/20070924klpcnafyq_146.Ies.SCO.jpg

       

Elena Mandarim/FAPERJ


Já se perguntou para onde é destinado o lixo que colocamos para fora de nossas casas? E o lixo químico, biológico, infectante, perfurocortante e nuclear, descartado pelos laboratórios de pesquisa e pelos hospitais? 

De acordo com a lei municipal nº 3.273, de 2001, que dispõe sobre as questões relacionadas a todo e qualquer tipo de rejeito produzido, atendendo às resoluções do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), "os resíduos sólidos, gerados por qualquer pessoa física ou jurídica, são considerados propriedade privada, permanecendo, portanto, sob sua inteira responsabilidade até a disposição final". 

Pensando nisso, Elmo Rodrigues da Silva, professor do Departamento de Engenharia Sanitária e do Meio Ambiente da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), vem desenvolvendo junto com uma equipe, a proposta de um modelo de gerenciamento integrado das diversas classes de resíduos do Pavilhão Reitor Haroldo Lisboa da Cunha (PHLC), no campus Francisco Negrão de Lima. Ali funcionam os laboratórios do Instituto de Química (IQ) e parte do Instituto de Biologia Roberto Alcântara Gomes (Ibrag).

segunda-feira, 19 de julho de 2010

APICULTURA

Pesquisadores da FFCLRP estudam métodos para aproveitamento de outras espécies de abelha

Olavo Soares / USP Online


Pesquisadores da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP integram um projeto de pesquisa que tem como um dos objetivos descobrir métodos para o uso de diferentes espécies de abelha para a polinização. A iniciativa atende a necessidades econômicas e ambientais.


O professor Carlos Alberto Garófalo, coordenador do estudo, aponta que a preocupação da comunidade científica em relação ao declínio da biodiversidade – causado, majoritariamente, pela ação humana – também se estende à questão das abelhas. Para fins comerciais, é usada geralmente uma única espécie de abelha, a Apis mellifera. É este o animal que habitualmente está presente nos apiários, para a produção de mel, e no cultivo de plantas frutíferas.

DUPLA SUSPEITA NA MORTE DE ANIMAIS MARINHOS

Animais marinhos saem da rota e acabam morrendo na Baixada Santista

Créditos: Walter Mello
No total, desde a última sexta surgiram 371 animais marinhos sem vida e 23 seguem em tratamento

Márcio Bernadino/da Tribuna online

Mais pinguins mortos foram encontrados na Baixada Santista. Até as 15 horas deste domingo, em Guarujá, foram recolhidos nove animais. Em Praia Grande 15, a mesma quantidade em Itanhaém, e sete em Peruíbe, somando 46 aves mortas. No total, desde a última sexta-feira surgiram 371 animais marinhos sem vida e 23 seguem em tratamento em centros de reabilitação.

MATA ATLÂNTICA

Estudo identifica espécies de trepadeiras da Mata Atlântica

Débora Motta/FAPERJ   

                         


            Genise Vieira Somner
  
   Fruto da  Paullinia weinmaniifolia: pesquisa registrou
   74 espécies de trepadeiras da família
  Sapindaceae
Uma busca minuciosa para identificar dezenas de espécies de trepadeiras da Mata Atlântica. Esse foi o ponto de partida do trabalho da professora Genise Vieira Somner, do Departamento de Botânica da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), que empreendeu entre 2008 e 2009 uma série de 28 excursões em restingas e florestas de encostas do estado para coletar material botânico e fazer observações de campo. Com apoio da FAPERJ, por meio de um Auxílio Básico à Pesquisa (APQ 1), ela decidiu investigar as trepadeiras da família Sapindaceae.

domingo, 18 de julho de 2010

SC - CONSECA APÓIA PARECER CONTRA ESTALEIRO

Conseca apoia parecer do ICMBio que não autoriza estaleiro


O resultado da reunião, desta quinta-feira (15), do Conselho Consultivo da Estação Ecológica de Carijós (Conseca) foi favorável ao parecer do Instituto Chico Mendes (ICMBio), que não autoriza a instalação do estaleiro da OSX na localidade de Biguaçu, na Baía Norte de Florianópolis, em Santa Catarina. O Conselho é formado por órgão públicos, organizações ambientais, comunitárias e empresariais. A presença de 14 representantes totalizou a votação com nove entidades favoráveis ao parecer e quatro contrárias. A Fundação do Meio Ambiente do estado (Fatma) se absteve.

ENCONTRADOS CENTENAS DE ANIMAIS MARINHOS MORTOS NO LITORAL PAULISTA

Sobe para 292 número de animais marinhos mortos

De A Tribuna On-line


Créditos: Ivaldo Bianchini/Divulgação


Subiu para 292 o número de animais encontrados mortos no Litoral Paulista. Do total, 159 estavam ao longo da costa de Praia Grande e 133 em Peruíbe.  As causas das mortes ainda estão sendo investigadas por biólogos da Universidade de São Paulo (USP).

OVOS COLORIDOS ATRAEM FÊMEAS


Ovos cor turquesa de inhambu-de-cabeça-vermelha (Tinamus major) atrai fêmeas para pôr mais ovos na mesma pilha

DA NEW SCIENTIST/ FOLHA.COM






Cagan Sekercioglu/NSF

Aves são normalmente muito cuidadosas no que tange a sua prole. Elas fazem ninhos no alto de árvores, onde poucos predadores podem alcançar. Algumas espécies também fazem ninhos duros, difíceis de quebrar. E as espécies que montam ninhos no solo camuflam os ovos, que acabam se confundindo com seus arredores. Mas o inhambu-de-cabeça-vermelha (Tinamus major) é uma exceção à regra: são as únicas aves rasteiras que produzem ovos coloridos (turquesa).

sábado, 17 de julho de 2010

MEIO AMBIENTE: BIORREMEDIAÇÃO E FITORREMEDIAÇÃO




Biotecnologia a favor do ambiente

Aplicação de biorremediação e fitorremediação busca eliminar componentes tóxicos de áreas agrícolas contaminadas

Crédito: Priscila Lupino Gratão/ESALQ


A contaminação do ambiente por elementos tóxicos torna-se uma ameaça tanto para o homem quanto para a biosfera, fator que impede o desenvolvimento da agricultura e prejudica a saúde de ecossistemas. Em nações desenvolvidas, este problema está sendo resolvido com biorremediação e fitorremediação, ou seja, o uso de microorganismos e de plantas tolerantes especializadas na limpeza de solos contaminados. 

CONSERVAÇÃO

Brasil responde por 74% de todas áreas destinadas à conservação no mundo


Ao completar dez anos de criação, lei do SNUC contribui para o grande salto quantitativo de áreas protegidas no País, com acréscimo de 378 UCs federal, estadual e municipal

sexta-feira, 16 de julho de 2010

ECOSSISTEMAS

Peixinho de 15 centímetros salva ecossistema africano
http://www.anda.jor.br/wp-content/uploads/2010/07/ANDA18.jpg

Espécie endêmica da costa da Namíbia, na África, consegue restaurar cadeia alimentar de ecossistema afetado pela pesca da sardinha

O pequeno peixe goby conseguiu salvar sozinho seu ecossistema

A pesca da sardinha realizada nas décadas de 1960 e 1970, juntamente com condições ambientais desfavoráveis, fez com que o ecossistema de Benguela, na costa da Namíbia, na África, entrasse em colapso. A região foi tomada por colônias de águas-vivas e micróbios, de acordo com artigo que acaba de ser publicado na revista Science. Mesmo com toda esta mudança, uma espécie de peixe vem revertendo sozinha este cenário. 


RIO: SACOLAS PLÁSTICAS - FISCALIZAÇÃO COMEÇA NESTA SEXTA - LIMINAR DO FECOMÉRCIO NÃO APRECIADA

SECRETARIA DO AMBIENTE FARÁ FISCALIZAÇÃO EM SUPERMERCADOS
http://farm3.static.flickr.com/2081/2509054807_1db380f220.jpg?v=0

A Secretaria Estadual do Ambiente fará fiscalização nos supermercados, nesta sexta-feira (16/07), dia em que entra em vigor a Lei 5.502/2009. Ela determina que supermercados e estabelecimentos comerciais de médio e grande portes do Estado, substituam sacos plásticos por sacolas reaproveitáveis. O trabalho será feito por fiscais da Coordenadoria Integrada de Combate a Crimes Ambientais (Cicca) e da Superintendência de Educação Ambiental. 

quinta-feira, 15 de julho de 2010

CLIMA

OMM debate no Brasil importância da previsão do tempo para agricultores

Especialistas de mais de 50 países discutiram em Belo Horizonte a importância de se levar para o agricultor, de forma mais direta, informações referentes ao clima; workshop antecede a 15ª. Sessão da Organização Meteorológica Mundial que acontece entre 15 e 21 de julho
http://www.hipersuper.pt/wp-content/uploads/2010/04/agricultura.jpg

Daniela Traldi, da Rádio ONU em Nova York.
Terminou nesta quarta-feira em Belo Horizonte um workshop internacional que debateu, durante 3 dias, como os serviços de tempo e clima podem ajudar os agricultores no mundo.
O evento foi realizado pela Organização Meteorológica Mundial, OMM, além de outras agências da ONU, parceiros e instituições de ensino e pesquisa.